Navio cargueiro do Ministério da Defesa da Federação Russa acompanhado pela Marinha e Força Aérea Portuguesas


Portugal
25 Abril de 2024

Navio cargueiro "Sparta IV" (IMO 9743033) da Federação Russa a ser acompanhado, na manhã do dia 25 de Abril de 2024, ao largo da costa continental de Portugal, pela Marinha Portuguesa, com o NRP Viana do Castelo (P360), Navio Patrulha Oceânico da Marinha Portuguesa, a operar a partir da Base Naval de Lisboa (BNL), e pela Força Aérea Portuguesa (FAP), com a aeronave P-3C CUP+ "Orion", 14810 (497C9A), "callsign" ORION01, a operar a partir da Base Aérea N.º 11 (BA11), em Beja.

Construído em 2018, deslocando 8 800 toneladas e com 122 metros de comprimento, o "Sparta IV" é detido e operado pela SC-South LLC da Oboronlogistics LLC - por usa vez detida pelo Ministério da Defesa da Federação Russa. Esta operadora logística, fundada na Federação Russa em 2011, opera regularmente transporte marítimo de material militar russo no Mediterrâneo (Síria), no Mar Negro (Crimeia) e no Báltico (Kaliningrad).

O navio russo largou, na noite de 17 de Abril de 2024, do Porto de Baltiysk, Kaliningrad, Federação Russa, no Báltico, e entrou na Zona Económica Exclusiva de Portugal continental a 24 de Abril de 2024, a Norte, proveniente do Golfo da Gasconha, e saiu ao início da noite de 25 de Abril de 2024, a Sul, ao largo da costa do Algarve. Atravessou o estreito de Gibraltar cerca das 04:00 UTC de 26 de Abril de 2024, e navega actualmente, pelas 08:48 UTC de 28 de Abril de 2024, ao largo da Argélia, com rumo 84° (Este), a 12,4 nós, indicando como destino o porto de Tartus ("طَرْطُوس") na Síria (a única base naval a partir da qual a Marinha Russa opera actualmente no Mediterrâneo), que deverá alcançar dentro de 5 dias, a 3 de Maio de 2024.

Este mesmo cargueiro foi recentemente acompanhado, a 15 de Março de 2024, ref.  https://espada-e-escudo.blogspot.com/2024/03/marinha-portuguesa-acompanha-3-navios.html , ao largo da conta continental Portuguesa, pela Marinha Portuguesa, com os navios patrulha oceânicos NRP "Viana do Castelo" (P360) e NRP "Setúbal" (P363), a operarem a partir da Base Naval de Lisboa, e pela lancha de fiscalização rápida NRP "Dragão" (P1151), a operar na Zona Marítima Sul. Rumava então, procedente do Mediterrâneo Oriental, ao Mar Báltico.

Fotos via Marinha Portuguesa e via Força Aérea Portuguesa
Composição e edição por "Espada & Escudo"

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas