Israel - três camadas de sistema de defesa anti-aérea


Israel | 2024

As Forças Armadas de Israel (IDF) contam actualmente com um sistema de defesa anti-aérea em três camadas, assente em três plataformas: (i) "Iron Dome", (ii) "David's Sling" e (iii) "Arrow".

(i) O "Iron Dome" ("כִּפַּת בַּרְזֶל"), "Cúpula de Ferro", produzido desde 2011, destinado à intercepção, de curto-alcance (4 a 70 km) de projecteis de artilharia (morteiros, obuses) e foguetes; os interceptores que dispara, "Tamir", voam a Mach 2.2, com detonação por proximidade, são guiados por sensor electro-óptico com cálculo prévio (preditivo) de trajectória determinado pelo sistema central de radar da plataforma e respectivo algoritmo de gestão de ameaças; uma bateria é composta por 3 a 4 plataformas de lançamento cada uma com 20 interceptores; foi usado pela primeira vez em contexto de combate a 7 de Abril de 2011, interceptando um foguete "Grad", de 122mm, disparado da faixa de Gaza sobre Ashkelon e, pela segunda vez, a 8 de Abril de 2011, interceptando mais 4 foguetes.

(ii) O "David's Sling" ("קלע דוד"), "Funda de David", produzido desde 2009, de médio e longo alcance (até 250 km), destinado à intercepção de aeronaves, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos tácticos; os interceptores que dispara, "Stunner", voam a Mach 7,5 sendo guiados por radar, sensor electro-óptico, sensor infra-vermelho, dotados de mitigação de contra-medidas e capazes de controlo manual e automatizado para re-aquisição de alvos; cada plataforma pode compreender até 12 lançadores verticais; foi usado pela primeira vez em combate, a 23 de Julho de 2018, na intercepção de um míssil balístico táctico OTR-21 Tochka disparado por forças Sírias e, pela segunda vez, a 10 de Maio de 2023 contra um foguete Arabsat 3A / Badr-3 disparado a partir da faixa de Gaza sobre Tel-Aviv.

(iii) O "Arrow" ("חֵץ"), "Seta", produzido desde 2000, de longo alcance, destinado à intercepção de mísseis balísticos em alta atmosfera, "Arrow 2", ou fora da atmosfera, "Arrow 3", ao serviço desde 2017; os interceptores, com uma massa total de 2,8 toneladas (o míssil correspondendo, per se, a 1,3 toneladas) e 7 metros de comprimento, armados com uma ogiva de 150 kg, guiados por radar e infra-vermelho, têm detonação por proximidade, voando a Mach 9; cada bateria de interceptores conta com 4 plataformas de lançadores com 6 mísseis cada; foi usado pela primeira vez em combate a 31 de Outubro de 2023, interceptando um míssil balístico de longo alcance, lançado a partir do Iémen pelo "Movimento Houthi" contra o Sul de Israel - tratando-se da primeira intercepção de um míssil balístico em alta-atmosfera, em combate, de que há conhecimento.

As plataformas "Iron Dome" e "David's Sling" foram desenvolvidas pela Rafael Advanced Defense Systems; a plataforma "Arrow" foi desenvolvida pela Israel Aerospace Industries.

De 13 para 14 de Abril de 2024, todas estas plataformas de defesa anti-aérea de Israel, com especial incidência na "David's Sling" e "Arrow", estiveram envolvidas em resposta à Operação "Promessa Verdadeira" ("وعده صادق"), conduzida pela República Islâmica do Irão, que lançou uma alargada combinação de "drones" de ataque "kamikaze", foguetes, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos, a partir do Irão, do Sul do Líbano (Hezbollah), do Iémen ("Movimento Houthi") e do Norte do Iraque ("Forças de Mobilização Popular, "al-Hashd al-Shaabi").

Esta acção terá envolvido dezenas de foguetes "Grad" de 122mm, cerca de 170 "drones" de ataque "kamikaze", 30 mísseis de cruzeiro e 120 mísseis balísticos, cujo "ratio" agregado de intercepção terá alcançado os 99%. Há registos de impactos de mísseis balísticos na Base Aérea de Nevatim, no Deserto do Negev, no Sul de Israel, de que terão resultado danos menores (em uma das pistas e reparados entretanto).

Fotos via OSINT (da esq.ª para a dir.ª: "Iron Dome"; "David's Sling"; e "Arrow"). Composição e edição por "Espada & Escudo"

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas