Marinha da Finlândia em operação contra minas e munições não detonadas


Báltico, Estónia
Abril de 2024

Sonar rebocado de varrimento lateral Klein 5000, a ser operado pela guarnição do caçador de minas MHC "Vahterpää" (42) da 4.ª Esquadra de Contra-medidas de Guerra de Minas da Marinha da Finlândia, comandado pelo Capitão-de-fragata (OF-4) Henri Savisaari, no decurso da Operação "Open Spirit", liderada pela Marinha da Estónia e na respectiva costa, no Báltico, em Abril de 2024. No decurso desta operação o navio finlandês, afecto ao "Standing NATO Mine Counter Measures Group 1" (SNMCMG1), detectou 15 artefactos explosivos históricos (tipicamente minas e munições não detonadas da 2.ª Guerra Mundial) e participou na inactivação de 4 deles.

A plataforma Klein 5000, da norte americana Klein Marine Systems, Inc., com cerca de 2 metros de comprimento e 20 cm de diâmetro, e uma massa de 70 kg, combina 8 a 10 feixes simultâneos de sonar de alta frequência (455 kHz), 4 a 5 em cada bordo, para a produção dinâmica e digital de imagens de alta-resolução do leito oceânico, e dos objectos ou infra-estruturas acima do mesmo (tubagens, destroços, minas, etc). Pode operar até 200 metros de profundidade com um alcance de sonar de 150 metros.

Construído pela italiana Intermarine SpA, o terceiro e último navio ao serviço da classe Katanpää da Marinha da Finlândia desde 2017, o MHC Vahterpää (42) desloca 680 toneladas, com 52,5 metros de comprimento, 9,47 metros de boca e 3,15 metros de calado, propulsionado por 2 motores MTU 8V-396-TE74 que lhe permitem uma velocidade de até 13 nós e um alcance operacional de 2 800 km.

Com uma guarnição de 34 a 38 elementos, armado com uma peça Bofors de 40mm e 2 metralhadoras pesadas de 12,7mm, conta com um conjunto alargado de sistemas de detecção e identificação de minas, compreendendo sistemas fixos (Atlas Elektronik IMCMS, Kongsberg Maritime EM-710 RD, Kongsberg Maritime TOPAS e Atlas HMS-12M) e um sonar rebocado (Klein 5000), 2 submersíveis de operação remota (Saab Underwater Systems Double Eagle Mark II ROV e Atlas Elektronik SeaFox I ROV) e 2 submersíveis autónomos (Kongsberg Maritime HUGIN 1000 AUV e Hydroid REMUS 100 AUV).

Foto via Marinha da Finlândia ("Merivoimat - Finska Marinen")

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas