SALTOS ESPECIAIS NO CORNO DE ÁFRICA


Djibouti, Corno-de-África
30 de Setembro de 2020

Militares "Pararescuemen" da Força Aérea dos Estados Unidos, afectos ao "82nd Expeditionary Rescue Squadron" (ERQS), a procederam, em contexto de treino, ao lançamento de uma viatura 4x4 Polaris DAGOR e de outra carga (isolada e em contentor apenso ao paraquedista), bem como a executarem saltos HALO ("High Altitude – Low Opening") e "Tandem" (salto de um paraquedistas suportando, preso ao seu arnês, um outro), a partir de um C-130J "Super Hercules" ("The Rock", matrícula 75897) do "75th Expeditionary Airlift Squadron", a operar a partir da Base de "Camp Lemonnier", da Marinha dos EUA, em Djibouti, no Corno de África, a 30 de Setembro de 2020.
O salto com contentor de carga apenso ao paraquedista corresponde a uma metodologia de lançamento de precisão designada por MTTB, "Military Tethered Tandem Bundles", compreendendo uma carga em redor dos 200 kg, no interior de um contentor de protecção cilindrico, presa por cabo ao paraquedista.






Os "Pararescuemen" do Comando de Operações Especiais da Força Aérea dos Estados Unidos (AFSOC) e do Comando Aéreo de Combate (ACC) são elementos especializados no suporte, resgate e tratamento médico em contexto de combate (convencional e não convencional) e de ajuda humanitária. São conhecidos pela alcunha de "PJs", as iniciais de "Para Jumpers" que, por sua vez, decorre dos identificadores de P, para paraquedista e J, para mergulhador, conforme normativo processual histórico da Força Aérea dos EUA para designar as atribuições do pessoal transportado. Fundados em Março de 1946, contam actualmente com um efectivo de cerca de 500 elementos e têm como mote "These Things We Do, That Others May Live", literalmente "Estas coisas que fazemos, para que outros vivam".
Vídeo por Hannah Strobel ("U.S. Air Force")

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"