"PEÓNIA" de 203MM e "ARMA" PORTÁTIL "ANTI-DRONE"


Bakhmut, Donetsk, Ucrânia
16 de Dezembro de 2022

Em segundo plano temos o disparo de uma unidade de artilharia auto-propulsionada 2S7 "Pion" ("Пион"; "Peónia", a flor; Paeoniaceae), de 203 mm, ao serviço das Forças Armadas da Ucrânia, na vizinhança de Bakhmut ("Бахмут"), na região admnistrativa de Donetsk, no Leste da Ucrânia a 16 de Dezembro de 2022. À retaguarda da peça, sobre o chão, em sacos de protecção de cor branca, podemos observar várias cargas de propelente da "Pion" (de aproximadamente 43 kg).

Ao centro, no chão, em primeiro plano, temos um equipamento portátil "anti-drone" EDM4S ("Sky Wiper)", produzido pelo fabricante lituano NT Service UAB (com sede e produção em Kuanas). O acrónimo EDM4S resulta de "Electronic Drone Mitigation 4 - Sytem". A mesma opera, usada como se fosse uma carabina de precisão, enviando um pulso electromagnético (EMP, "Electro-Magnetic Pulse") da direcção do "drone" visado, resultando na disrupção, total ou parcial, das comunicações de controlo do mesmo. Tem uma autonomia de 35 minutos, um alcance até 5 000 metros, e um peso de 5,5 kgs.

A 2S7 "Pion", com um peso de 45 toneladas (num chassis derivado do T-72 / T-80), com um comprimento de 10,5 metros, uma largura de 3,38m e uma altura de 3m, está equipada com uma peça 2A44 de 203 mm , que lhe permite alcançar uma distância máxima de 37,5 a 47,5 km. Propulsionada por um motor diesel V12 B-46-1 de 780 hp, tem uma velocidade máxima em estrada de 50 km/h.

Com uma guarnição de 6 a 7 elementos, a "Pion" consegue ficar operacional em cerca de 10 minutos após alcançar a sua posição de tiro, e retirar desta praticamente no mesmo tempo, o que, combinado com o seu alcance de grande distância, lhe permite mitigar as possibilidades de contra-bateria.

Esta peça é alimentada por 3 grandes tipologias de munição (com um peso entre os 103 e os 110 kg): de alto-explosivo de fragmentação (3OF43); de alto-explosivo de fragmentação assistida por foguete (3OF44); e 3O14 com carga de "cluster". Pode ainda usar a munição 3G3 "Galyan" desenhada para perfurar estruturas de betão.

Foto via Associated Press, AP

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas