FUZILEIROS EM MANOBRA ANFÍBIA


San Diego, Califórnia, EUA, Oceano Pacífico
28 Novembro de 2022 a 15 de Dezembro de 2022

Operacionais do 3.º Batalhão de Assalto Anfíbio da 1.ª Divisão do Corpo de Fuzileiros dos EUA (USMC), manobrando um ACV lançado para o Oceano Pacífico, a partir da doca alagada do USS Harpers Ferry (LSD 49), que se pode observar, em segundo plano, à direita na foto. Estas manobras decorreram sob o âmbito do exercício "Steel Knight", ao largo de San Diego, na Califórnia, EUA, entre 28 Novembro de 2022 a 15 de Dezembro de 2022.

A ACV ("Amphibious Combat Vehicle", "Viatura de Combate Anfíbio"), é uma plataforma de 32 toneladas, com 9,2 metros de comprimento, 3,1 metros de largura e 2,9 metros de altura. Trata-se de uma viatura 8x8, anfíbia, tripulada por 3 elementos e com capacidade de transportar até 13 militares equipados. Tem uma velocidade máxima de 105 km/h em estrada e de 6 nós em mar aberto, com um alcance de 532 km em terra e até 12 milhas náuticas no mar (aproximadamente 22 km).

As primeiras 36 unidades entregues, ACV-P, estão armadas com uma metralhadora pesada M2HB em calibre .50 BMG, sobre uma plataforma de operação remota ("Remote Controlled Weapon Station", RCWS). Construída pela BAE Systems / IVECO Defense Vehicules, a ACV foi aprovada pelos USMC em testes de capacidade operacional a 13 de Novembro de 2020, a que seguiu a passagem para produção em ritmo integral, a partir de 2021, para a entrega de mais 80 viaturas por ano ao longo dos 5 anos seguintes. Projectam-se variantes da mesma compreendendo torre com canhão automático de 30 mm (ACV-30), uma viatura de comando e controlo (ACV-C) e uma viatura de recuperação (ACV-R).

O USS Harpers Ferry (LSD 49) é um navio de apoio a desembarque da classe "Harpers Ferry", ao serviço da Marinha dos Estados Unidos ("U.S. Navy") desde 1995, que desloca 15 939 toneladas, com 186 metros de comprimento e uma boca de 26 metros. Com uma velocidade máxima de 20 nós, conta com uma guarnição em redor de 400 elementos, podendo transportar mais de 500 fuzileiros equipados ou diferentes combinações de viaturas e embarcações de apoio ao desembarque. Está armado com duas peças Mk38 de 25mm, duas plataformas CIWS ("Close-in Weapon System") Phalanx de 20mm, dois lançadores de mísseis de defesa anti-aérea RIM-116 RAM e seis metralhadoras M2HB em calibre .50 BMG. Conta com doca alagada (onde pode transportar 2 LCAC, "Landing Craft Air Cushion", vulgo "hovercrafts") e com um convés de voo que pode receber dois helicópteros.

A edição de 2022 do exercício "Steel Knight" (SK23) envolvendo mais de 10 000 militares, compreendendo meios navais e aéreos, num cenário simulando um conflito contra um inimigo num contexto litoral e anfíbio - com o território entre Camp Pendleton e a ilha de San Clemente, na região de San Diego, na Califórnia, EUA, a reproduzirem um estreito a defender, e toda uma selecção de locais em redor a funcionarem como pontos do conflito, numa dinâmica de arquipélago típica de um Teatro de Operações do Indo-Pacífico. Trata-se de um exercício anual, cuja primeira edição remonta a 1991.

Foto por Zach Issa ("U.S. Navy")

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas