PORTUGUESES EM FORÇA DE REACÇÃO RÁPIDA NA REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA


República Centro-Africana (RCA)
30 de Junho a 27 de Julho de 2023

Operação de controlo táctico das Forças Portuguesas afectas à 13.ª Força de Reacção Rápida ("Quick Reaction Force", QRF) na Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA), em acção combinada com as Forças Nepalesas e Tunisinas da "Task Force Bambari", tendo por objectivo dissuadir os movimentos e a actividade dos grupos armados na região, assegurando a protecção das comunidades e a sua liberdade de movimentos. Esta acção decorreu de 30 de Junho a 27 de Julho de 2023, nas regiões de Bambari, Ippy e Alindao, na RCA.

Em primeiro plano temos uma viatura táctica ligeira blindada 4x4 URO VAMTAC ST5 BN3, armada com metralhadora pesada calibre 12,7mm (.50) e, ao centro do "capot", destaca-se o equipamento com uma antena de comunicações da Trivec-Avant / Cobham, modelo AV2090-7S "dual" para UHF em LOS ("Line of Sight", "Linha de Vista) e UHF SATCOM (Satélite), de fixação magnética, com a sua característica forma em "X", designada popularmente por "X-Wing". Este equipamento assegura capacidade de SOTM, "SATCOM On-The-Move", comunicações via satélite em mobilidade.

No tejadilho, em posição central-dianteira e nas laterais sobre as portas, temos 3 unidades do sistema Rheinmetall de protecção ROSY-L ("Rapid Obscuring System - Land"), equipados cada um com 5 lançadores de cargas de 40x280 mm que permitem a criação de cortinas de fumo multi-espectro - com interrupção da linha de vista e componentes de barramento de infra-vermelho e laser (contra sistemas electro-ópticos e armas guiadas).

À retaguarda da URO VAMTAC ST5 temos uma viatura táctica média de transporte de carga todo o terreno 4x4 Mercedes-Benz Unimog (1750) de 5 toneladas .

O militar português apeado está armado com espingarda automática FN SCAR-L, em cal. 5,56x45mm NATO, equipada com mira óptica Aimpoint® CompM4 ("Red Dot Reflex"). Conta ainda com pistola Glock 17 em calibre 9x19mm (com dois carregadores adicionais vísiveis no cinturão).

As viaturas tácticas ligeiras blindadas (VLTB) 4x4 URO VAMTAC ST5, ao serviço do Exército Português desde 2020, são fabricadas pela UROVESA - URO Vehículos Especiales S.A. (Espanha), correspondendo o acrónimo VAMTAC a "Vehículo de Alta Movilidad Táctico", literalmente "Veículo Táctico de Alta Mobilidade". A versão ST5 BN3 tem um peso de 10 250 kg, um comprimento de 5,26m, uma largura de 2,85 e uma altura de 2,77m. Propulsionadas por um motor diesel Cummins ISB Euro 3 de 6 700 cc com 245 hp e com uma transmissão automática Allison 2100SP 6+1, podem alcançar uma velocidade máxima de 110 km/h, com uma autonomia máxima de 500 km. Operam com até 5 elementos e podem estar armadas com uma metralhadora pesada em calibre 12,7mm ou metralhadora 7,62mm, ou ainda um lança-granadas automático de 40 mm. Estão referenciadas com um nível 3 de protecção balística STANAG (4569).

A 13.ª QRF/MINUSCA é comandada pelo Tenente-Coronel Ricardo Camilo, contando com 215 operacionais - 209 militares do Exército, 4 militares da Força Aérea e 2 militares da Marinha.

Foto via Forças Armadas Portuguesas

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"