OPERAÇÃO NA FOZ DO AMAZONAS


Foz do Amazonas, Brasil
10 de Agosto de 2023

Navio de Apoio Oceânico (NApOc) "Iguatemi", com o número de amura G151, da classe Mearim, afecto ao Comando do 4º Distrito Naval Marinha do Brasil (baseado em Belém, no estado do Pará), no decurso da Operação “Camex Delta do Amazonas”, a 10 de Agosto de 2023, na foz do rio Amazonas, no Norte do Brasil. O nome "Iguatemi" é uma expressão da língua tupi-guarani, que significa "rio que dá voltas, sinuoso", designado um rio do estado do Mato Grosso do Sul, afluente na margem direita do rio Paraná que é, por sua vez, depois do Amazonas, o maior rio da América do Sul.

A Operação "Camex Delta do Amazonas" decorreu de 7 a 10 de Agosto de 2023, na foz do Amazonas, e envolveu o NAM (Navio-Aeródromo Multipropósito) "Atlântico", número de amura A140, um destacamento de Mergulhadores de Combate, a Fragata "Defensora", número de amura F41, o Navio de Apoio Oceânico "Iguatemi" (G151) e os Navios-Patrulha "Bocaina" (P62) e "Guarujá" (P44), estes dois afectos ao Grupamento de Patrulha Naval do Norte. O NAM "Atlântico" envolveu na operação vários dos seus helicópteros. Este conjunto de meios, sob comando do Chefe do Estado-Maior da Esquadra, Contra-Almirante Antonio Braz de Souza, envolveu-se em acções de localização, identificação, acompanhamento e controlo de navios e embarcações em trânsito.

O "Iguatemi" foi construído pela empresa ABG Shipyards, na Índia, e lançado à água a 4 de Junho de 2011 e, adquirido em segunda mão à empresa norueguesa Deep Sea Supply Shipowning AS (num lote de 3 navios da mesma classe), entrou ao serviço da Marinha Brasileira a 9 de Julho 2018, com o número de amura G151, deslocando 1 943 toneladas, com 63,4 metros de comprimento, 5,8 metros de boca e calado máximo de 6,8 metros, contando com um convés com 403 metros quadrados (31x13 metros).

Propulsionado por 2 motores Yanmar 8N280EV, 200kW, com 4 geradores Geradores Caterpillar C18DITA, navega a uma velocidade máxima de 13,5 nós, com um alcance operacional de 8 000 milhas. Conta com uma guarnição de 28 elementos (5 oficiais e 23 praças) estando armado com 2 metralhadoras pesadas em calibre 12,7 mm e 2 metralhadoras médias em calibre 7,62 mm. Na sua qualidade de Navio de Apoio Oceânico (NApOc), o "Iguatemi" desempenha missões de apoio logístico, patrulha e inspecção naval, busca e salvamento.

A classe "Mearim" é composta por 3 NApOc: "Mearim" (G150), "Iguatemi" (G151) e "Purus" (G152) - afectos, respectivamente, aos Comandos do 5º, 4.º e 1.º Distrito Naval da Marinha do Brasil.

Foto por 1.º Sargento Menezes | Marinha do Brasil

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas