"OSPREY" NAS FILIPINAS


Subic Bay, Filipinas
31 de Julho de 2023

Um MV-22B Osprey (6497; YP-05) do Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos, afecto ao "Marine Medium Tiltrotor Squadron" (VMM) 163, "Evil Eyes", voa em direcção ao Aeroporto Internacional de Subic Bay, nas Filipinas, para carregar abastecimentos destinados a distribuir no âmbito da ajuda humanitária às regiões isoladas afectadas pelo Tufão Doksuri (designação local Tufão Egay), a 31 de Julho de 2023.

A VMM-163 era designada, até 2015, pela alcunha de "Ridge Runners" em resultado das missões levadas a cabo em Setembro de 1953 na região montanhosa de Hanshin, no Japão, também então, coincidentemente, de ajuda humanitária face aos danos provocados pelo Tufão "Tess" (operando então helicópteros Sikorsky HRS-3 "Chickasaw"). Desde 2015 passou a ser reconhecida pela alcunha de "Evil Eyes" ("Olhos Malvados") - precisamente dados os "olhos" pintados na dianteira das suas aeronaves, desde Outubro de 1965, aquando do seu envolvimento na Guerra do Vietname (operando então helicópteros Sikorsky UH-34 "Seahorse").

O Bell Boeing V-22 Osprey, com as primeiras unidades ao serviço do Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos (USMC) desde Junho de 2007, é uma aeronave com rotores de posição variável, com capacidade de aterrar e descolar verticalmente (VTOL) bem como de operação em pistas curtas (STOL). Com um comprimento de 17,5 metros, uma altura de 5,5 metros e uma envergadura de 12 metros, tem um peso em vazio de 14 toneladas e um peso carregado até a um máximo de 24,9 toneladas. Com dois motores Rolls-Royce T406-AD-400 de 6 150 hp, pode alcançar uma velocidade máxima de 56 km/h, com uma velocidade de cruzeiro de 446 km/h, com um alcance até 3 590 km.

Tem uma tripulação de 3 a 4 elementos (piloto, co-piloto e 1 ou 2 elementos de suporte afectos a tarefas de engenharia, carga ou sistemas de armas), podendo transportar 24 militares equipados, sentados (32 se em ocupação de chão) ou cerca de 9 toneladas de carga (6 toneladas em gancho exterior). Pode estar armado com uma metralhadora M240 em calibre 7,62 mm ou M2 em calibre 12,7 mm (.50) instalada (de forma amovível) na rampa de acesso e com uma "minigun" GAU-17 em calibre 7,62mm, retráctil, operada remotamente, na secção inferior da fuselagem.

Foto por Cabo Sean Potter | Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos ("U.S. Marine Corps", USMC)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"