OBUS PRONTO PARA REBOQUE EM UM MINUTO!


Agosto de 2022
Ucrânia

Um obus M777, de 155mm, com uma massa total de mais de 4 toneladas e um comprimento total de quase 11 metros, a ser colocado em posição final de reboque em cerca de 1 minuto (!) após ter sido disparado, na Ucrânia, em Agosto de 2022, pela sua tripulação (aqui de cerca de 10 elementos) afecta a uma das unidades de artilharia das Forças Armadas Ucranianas. O reboque é aqui assegurado por uma viatura pesada, de 5 toneladas, de cabina blindada, 6x6 Oshkosh FMTV LTAS M1083A1P2, de fabrico norte-americano.



Na dinâmica que assiste ao Teatro de Operações da Ucrânia, em que a detecção de tiro de parte-a-parte é uma constante (seja por equipamentos especializados de radar, por vigilância de aeronaves não tripuladas, ou por unidades de reconhecimento / "spotters"), o risco de contra-bateria (i.e., ataque de artilharia contra uma posição de artilharia que acabou de abrir fogo) é elevado. Desta forma a capacidade de rapidamente mudar uma boca de fogo de posição é uma vantagem táctica absolutamente determinante.
Desenvolvido pela Vickers Shipbuilding and Engineering's (Reino Unido) e fabricado originalmente pela BAE Systems (Reino Unido), o obus M777, ao serviço desde 2005, é uma boca de fogo média de artilharia de campanha, rebocada, em calibre 155mm. Tem um peso de 4,2 toneladas, um comprimento total de 10,7 metros (9,5 metros em transporte), com um comprimento de cano de 5,08 metros. Tem um alcance de 21 km (munição M107), 22,5km (munição M795), 30 km (munição ERFB/M795E1) e até aos 40 km (munição guiada M982 Excalibur). A munição "standard" M795 corresponde a uma munição de alto-explosivo de fragmentação com um corpo de aço (HF-1), equipada com uma carga de 10,8 kg de TNT e com um peso total de aproximadamente 47 kg.
As Forças Armadas da Ucrânia receberam, em Abril de 2022, 100 unidades deste obus - 90 doadas pelos Estados Unidos da América, 4 pelo Canadá e 6 pela Austrália.
Vídeo via OSINT

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas