DANOS EM CORVETA LANÇA-MÍSSEIS RUSSA NO LESTE DA CRIMEIA


Kerch, Crimeia
6 de Novembro de 2023


Imagem dos danos provocados na superestrutura do navio "Askold" ("АСКОЛЬД"), corveta lança-mísseis da classe "Karakurt" (Project 22800) da Marinha da Federação Russa, após impacto por mísseis de cruzeiro "Storm Shadow" / "SCALP EG" lançados por aeronaves Su-24M da Força Aérea da Ucrânia sobre os estaleiros de Zaliv, geo-referenciação 45.263902642867684, 36.42230412739046 , ref. https://maps.app.goo.gl/waSbtew1YjiHFTse9 , em Kerch ("Керчь"), no Leste da Crimeia, a 4 de Novembro de 2023. Os estaleiros distam cerca de 250 km da linha da frente no Leste da Ucrânia.

A classe "Karakurt" (Project 22800) desloca 870 toneladas em carga completa, com um comprimento de 67 metros, uma boca de 11 metros e um calado de 3,3 metros. Tem uma velocidade máxima de 30 nós e um alcance operacional de 2 500 milhas náuticas. Com uma guarnição de 39 elementos, está equipada com 8 células verticais (VLS), ao centro da sua superestrutura, que podem ser armadas com mísseis de cruzeiro Kalibr (3M54-1) ou mísseis anti-navio Oniks (P-800, 3M55). O míssil de cruzeiro Kalibr, designação NATO SS-N-27 Sizzler, desenvolvido pela Novator Design Bureau (OKB-8), tem um alcance estimado em redor dos 660 km, voando a uma velocidade máxima de Mach 2.9, transportando uma ogiva entre os 400 e os 500 Kg de alto-explosivo, tendo sido referenciado com frequência o seu uso neste Teatro de Operações.

Conta ainda, à vante, com uma peça de 76mm (AK-176MA – MR-123-02/3 Bagira); com duas plataformas AK-630M, de 6 canos rotativos de 30mm; e, à ré, com um módulo de defesa anti-aérea 3M87-1F Pantsir-M, com 8 lançadores de mísseis 57E6. Foram construídas 12 unidades. A "Askold" (número de construção 802) foi lançada à água a 21 de Setembro de 2021, a partir dos estaleiros de Zaliv, em Kerch, onde foi atingida.

O ataque foi realizado com mísseis de cruzeiro, na designação britânica "Storm Shadow", ou, na designação francesa, SCALP EG ("Système de Croisière Autonome à Longue Portée - Emploi Général", Sistema de Míssil de Cruzeiro de Longo-Alcance - Uso Geral"), produzidos pelo agregado europeu MBDA Missile Systems, ao serviço desde 2002, lançados a partir de aeronaves e com a versão de exportação a ter um alcance de 250 km (sendo a versão base capaz de 560 km). Tem uma massa total de 1 300 kg, um comprimento de 5,1 metros, um diâmetro de 48 cm, uma envergadura de asa de 3 metros, e transporta uma ogiva de 450 kg. Voa a uma altitude de 30 a 40 metros, com capacidade de seguimento do terreno, a uma velocidade de Mach 0,8 a 0,95. Incorpora navegação por inércia, GPS e TERPROM, com orientação na trajectória terminal com apoio de sensores electro-ópticos, compreendendo infra-vermelho. Foi usado em contexto de combate nos Teatros de Operações do Iraque, da Líbia e da Síria, por parte das Forças Armadas Britânias e Francesas.

O "Storm Shadow" usa uma carga percursora para penetrar a estrutura do alvo (seja uma edificação, uma protecção de terra ou de betão, ou a estrutura do casco de um navio) e projectar então a sua ogiva no interior do mesmo - onde terá então lugar a detonação.

A Força Aérea Ucraniana conta com o apoio de integração tecnológica das Forças Armadas da Polónia (que já decorre desde finais de 2022), para garantir que as plataformas de base russa ao serviço da Força Aérea da Ucrânia, designadamente as aeronaves Sukhoi Su-24M, possam usar estes sistemas de armas ocidentais. Este mísseis estão referenciados no Teatro de Operações da Ucrânia desde Maio de 2023.

A 22 de Setembro de 2023, as Forças Armadas da Ucrânia procederam a ataques com mísseis de cruzeiro "Storm Shadow" sobre o edíficio do Quartel-General (QG) da Frota do Mar Negro da Marinha da Federação Russa, junto à Base Naval de Sevastopol, e, a 20 de Setembro de 2023, sobre o Centro de Comando e Comunicações da mesma Frota, em Verkhnosadove ("Верхнесадовое"), a 18 km a Nordeste do primeiro, ref. https://espada-e-escudo.blogspot.com/2023/09/misseis-storm-shadow-atacam-estruturas.html .

Foto após impacto via OSINT. Foto de referência a navegar, em data anterior (25Out2022), por Andrey Brichevsky. Composição, edição e anotações por "Espada & Escudo".






Vídeo documentando os impactos dos mísseis de cruzeiro a 04Nov2023, sobre o navio no estaleiro de Zaliv, geo-referenciação 45.263902642867684, 36.42230412739046 , ref. https://maps.app.goo.gl/waSbtew1YjiHFTse9 , em Kerch ("Керчь"), no Leste da Crimeia. Via OSINT.




Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas