PONTE FLUTUANTE DA ENGENHARIA MILITAR


Castelo de Almourol, Vila Nova da Barquinha, Portugal
25 de Outubro de 2015

Uma ponte flutuante Ribbon, manobrada pelos dois respectivos barcos Schottel, afectos à Companhia de Pontes do Regimento de Engenharia n.º 1 (RE1) do Exército de Portugal, transportando uma viatura blindada Pandur II 8X8, também do Exército de Portugal, no decurso do exercício NATO "Trident Juncture", a 25 de Outubro de 2015, atravessando o Rio Tejo junto ao Castelo de Almourol, em Vila Nova da Barquinha. A partir da margem podemos observar um cabo de aço e “tire fort” usados para garantir a estabilização da ponte (em especial no momento do desembarque).

Fabricada pela norte-americana AM General, a ponte flutuante Ribbon e os respectivos barcos de manobra Schottel, são transportados por viaturas pesadas especializadas 6x6 MAN 4520. A plataforma integrada é constituída por dois tipos de módulos: as secções (tramos) intermédios (no caso documentado pela foto, 3 unidades) e 2 de rampa (nos extremos). A Ribbon está certificada para uma carga máxima de 54 toneladas (MCL60).

A edição de 2015 do "Trident Juncture" decorreu em duas fases: uma primeira, de planeamento e comando, dita "Command Post Exercise", de 3 a 16 de Outubro de 2015; e uma segunda, de campo, dita "Live Exercise", de 21 de Outubro a 5 de Novembro de 2015. Com a participação de 30 países (27 membros da NATO e 3 parceiros) o exercício decorreu em Portugal, Espanha e Itália, compreendendo 36 000 militares, 140 aeronaves e 60 navios. Em Portugal decorreu a partir da Base Aérea de Beja, da Área Anfíbia de Pinheiro da Cruz, da Base Naval de Tróia e do Campo Militar de Santa Margarida.

Foto via Exército de Portugal (via camara FC300X de drone DJI Phantom 3 Professional)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas