"HELIS" ARMADOS SOBRE O ESTREITO DE MALACA


Estreito de Malaca, Oceano Índico
9 de Janeiro de 2023

Em primeiro plano temos o Sargento Raylin Carter, do Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos (USMC), a bordo de um helicóptero Bell UH-1Y "Venom" ("Veneno"), comummente designado por "Super Huey", afecto aos "Ugly Angels" ("Anjos Feios") do "Marine Medium Tiltrotor Squadron 362" (VMM-362), observando um Bell AH-1Z "Viper", número 46 | 168 529, da mesma unidade, em manobra sobre o Estreito de Malaca, Oceano Índico, a 9 de Janeiro de 2023.

O "Super Huey" está aqui armado com uma M134, "Gatling" GAU-17/A, de 6 canos rotativos, em calibre 7,62x51mm, equipada com apontador laser sobre calha Picatinny; e com um "pod" lança-foguetes, de 70mm, com 7 unidades de Hydra 70 carregadas (com ogiva M282 de penetração multi-propósito). O "Viper", em plano mais afastado, surge aqui armado, no seu suporte esquerdo, com 3 mísseis ar-superfície AGM-114 "Hellfire" (anti-carro/blindagem ou anti-edifícios fortificados), com um "pod" lança-foguetes M260 municiado com sete AGR-20 APKWS ("Advanced Precision Kill Weapon System", foguetes Hydra 70 com sistema de orientação por apontador laser); e, no suporte direito, com um míssil ar-ar AIM-9 "Sidewinder".

O Bell UH-1Y "Venom" ("Veneno"), comummente designado por "Super Huey", ao serviço desde 2001, é um helicóptero resultante do programa de melhoria e actualização do UH-1N "Iroquois" ("Twin Huey"). Tripulado por dois elementos, o "Venom", tem 17.78 metros de comprimento, 4.45 metros de largura, e um peso máximo à descolagem de 8.39 toneladas. Propulsionado por 2 motores General Electric T700-GE-401C consegue alcançar uma velocidade de cruzeiro de 293 km/h com um alcance em combate de 240 km. Conta com 2 pontos de fixação exteriores onde pode ser armado com "pods" lança foguetes de 70 mm, com 7 unidades cada; e com 2 pontos para colocação de 2 metralhadoras M240D em 7,62x51mm, ou 2 metralhadoras pesadas de calibre .50, GAU-21/A, ou ainda 2 metralhadoras "Gatling" GAU-17/A em 7,62x51mm.

O Bell AH-1Z "Viper", ao serviço desde 30 de Setembro de 2010, é um helicóptero de ataque baseado no Bell AH-1W "SuperCobra". Resultado de um programa integrado de melhorias e actualizações, o AH-1Z "Viper" incorpora, entre outros, novos rotores, melhorias nos sistemas de aviónicos e de comando e controlo de armamento, sistemas activos de detecção de ameaças e de contra-medidas e de mitigação de infra-vermelhos dos seus motores, novas asas de suporte de armamento.

Tripulado por dois elementos, o "Viper", tem 17.75 metros de comprimento, 4.37 metros de largura, e um peso máximo à descolagem de 8.3 toneladas. Propulsionado por 2 motores General Electric T700-GE-401C consegue alcançar uma velocidade de cruzeiro de 300 km/h com um alcance em combate de 232 km. Está armado, sob o nariz, com 1 canhão de automático de 3 canos rotativos de 30mm, M197, com 750 munições, e possui 6 pontos de fixação das suas asas (3 pontos em cada asa), onde podem ser combinados até 2 615 kg de foguetes (em "pods" de 7 ou 19 unidades), mísseis guiados anti-carro (AGM-114 "Hellfire", até um total de 16 unidades, repartidas 4 em cada asa em suportes quádruplos M299) e mísseis anti-aéreos (2 unidades de AIM-9 "Sidewinder", uma no extremo de cada asa)

Estes helicópteros fazem parte dos meios do "Makin Island Amphibious Ready Group", afectos ao Teatro de Operações da 7.ª Esquadra da "U.S. Navy" no Indo-Pacífico. O USS Anchorage (LPD 23) e o USS John P. Murtha (LPD 26), navios de transporte anfíbio da classe San Antonio, juntamente com o navio de assalto anfíbio USS Makin Island ( LHD 8 ), da classe Wasp da Marinha dos Estados Unidos ("U.S. Navy"), com a "13th Marine Expeditionary Unit" embarcada, compoem o "Makin Island Amphibious Ready Group" (MKI ARG), que, em conjunto com o "Nimitz Carrier Strike Group" (NIMCSG), liderado pelo porta-aviões USS Nimitz (CVN-68), desenvolvem aqui acções de projecção de forças combinadas e exercícios de treino de operações anfíbias.

Foto por Austin Gillam (USMC) 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas