MERGULHADORES DE COMBATE BRASILEIROS NO GOLFO-DA-GUINÉ


Golfo da Guiné
12 de Setembro de 2023

Um dos operacionais da "Equipa Bravo" do Grupamento de Mergulhadores de Combate (GRUMEC) da Marinha do Brasil, projectados a partir da sua fragata da classe "Niterói", a "Liberal" (F43), num exercício de visita, abordagem, busca e captura de meios navais ("Visit, Board, Search, and Seizure", VBSS) sobre o navio patrulha "Contre-Amiral Fadika" (P2201) da Marinha da Costa do Marfim, no decurso da 3.ª edição da Operação "Guinex", no Golfo da Guiné, a 12 de Setembro de 2023.

O mergulhador de combate brasileiro, equipado com luvas tácticas da Mechanix Wear, está aqui armado com uma espingarda automática Heckler & Koch HK 416 A3, em calibre 5,56×45mm NATO, equipada com mira óptica Aimpoint Comp M4, e com apontador iluminador L3Harris ATPIAL AN/PEQ-15. Conta ainda com uma pistola Taurus PT 809, de 17+1 munições, em calibre 9x19mm Parabellum.

As operações "Guinex" são conduzidas desde 2021 pelas Forças Armadas do Brasil no Teatro de Operações do Golfo da Guiné, no âmbito do Tratado de Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS), estabelecido desde 1986, visando a cooperação entre forças de países daquela região da África Ocidental e de forças de países parceiros. Na edição de 2023, iniciada a 6 de Agosto de 2023 e a prolongar-se até 14 de Outubro de 2023, participam, além das forças do Brasil, as forças de Cabo Verde, dos Camarões da Costa do Marfim, da Nigéria e do Senegal - com o envolvimento dos parceiros das Marinhas da Espanha, Estados Unidos da América, Portugal e Reino Unido.

O GRUMEC foi estabelecido em 1970, sendo a unidade de Operações Especiais e Contraterrorismo da Marinha do Brasil, aquartelados na Ilha do Mocanguê Grande, em Niterói, no Estado do Rio do Janeiro. Os seus fundadores foram 2 oficiais e 2 praças habilitados pelo curso UDT-SEAL ("Underwater Demolition Team -SEa, Air and Land"), de 1964, da Marinha dos Estados Unidos, a que se juntaram, em 1971, 2 oficiais e 3 praças com a qualificação de "Nageurs de Combat" da Marinha Francesa. O GRUMEC combina assim, na sua origem, a ênfase da escola francesa nas actividades de mergulho, com a escola americana de operações combinadas em terra.

Foto via Marinha do Brasil

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"