FUZILEIROS PORTUGUESES EM EXERCÍCIO EUROPEU EM CÁDIZ


Serra de Retín, Cádiz, Espanha
19 de Outubro de 2023

Militares do Corpo de Fuzileiros da Marinha Portuguesa, após helitransporte táctico por SH-60F Seahawks da 5.ª Esquadra da Marinha Espanhola, no decurso de um cenário de assalto anfíbio do exercício "MILEX", sob égide da União Europeia, na Serra de Retín, na comunidade autónoma da Andalucia, no Sul de Espanha, a 19 de Outubro de 2023. A Marinha Portuguesa participou ainda com elementos da sua Unidade de Mergulhadores acrescentando ao exercício as suas competências de infiltração, reconhecimento e destruição de infra-estruturas subaquáticas.

A operarem em estreita coordenação com os fuzileiros portugueses, à esquerda na foto, temos os fuzileiros espanhóis da "Brigada de Infantería de Marina-Tercio de Armada" (BRIMAR-TEAR), a unidade expedicionária da Marinha de Espanha (sendo a Serra de Retín precisamente a localização do seu campo de treino).

Os fuzileiros portugueses estão aqui armados com espingardas automáticas Heckler & Koch G3, em calibre 7.62×51mm NATO, modernizadas, desde 2019, com aplicação de "kit" de "upgrade" do preparador sueco SPUHR, compreendendo a aplicação de um fuste ventilado (R-401), calha superior "Picatinny" (R-402) e coronha ajustável (R-410). Estão ainda equipadas com miras ópticas (Red Dot Reflex) CompM4 do fabricante sueco Aimpoint. As Forças Armadas da Suécia ("Försvarsmakten") optaram, em 2016, pela SPHUR para a modernização das suas G3, designadas por "Automatkarbin" 4 B/C/D (AK4), com um total de 10 000 "kits" adiquiridos inicialmente e mais 10 000 adquiridos em 2021.

O exercício MILEX envolve um total de 2 800 militares de 31 unidades de 19 países membros da União Europeia. O exercício está dividido em duas fases: uma primeira, CPX ("Command Post Exercise"), de preparação, planeamento e articulação de comando, que decorreu de 18 de Setembro de 2023 a 6 de Outubro de 2023; e uma segunda, LIVEX ("Live Exercise"), de exercício de campo, anfíbio, iniciada a 16 de Outubro de 2023 e a decorrer até 22 de Outubro de 2023. Esta segunda fase compreende 2 800 militares em representação da Áustria, Espanha, França, Hungria, Irlanda, Itália, Malta, Portugal e Roménia.

Tratou-se do primeiro exercício de campo realizado por forças militares no contexto da União Europeia (UE), coordenado pela "European Union Military Staff" (EUMS) da "European External Action Service" (EEAS), tendo o mesmo por base um cenário em que forças da UE recebem um pedido de intervenção militar de um estado terceiro ameaçado por forças terroristas.

Foto via Estado Maior da Defesa de Espanha ("Estado Mayor de la Defensa")







Mergulhadores da Marinha Portuguesa também a participar no MILEX em Cádiz, Out2023. Foto via Estado Maior da Defesa de Espanha ("Estado Mayor de la Defensa")




Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"