F-15 NORTE-AMERICANOS DESTACADOS PARA O MÉDIO-ORIENTE


Muwaffaq Salti, Jordânia
13 de Outubro de 2023

Destacamento de aeronaves F-15E "Strike Eagle" da "494th Expeditionary Fighter Squadron", alcunhados de "Panthers" ("Panteras"), da Força Aérea dos Estados Unidos a aterrarem a 13 de Outubro de 2023 na base aérea de Muwaffaq Salti (geo-referenciação 31.830711268784384, 36.78741109659281 , ref. https://maps.app.goo.gl/x7tNi6yPWyKjJJZ6A ), na Jordânia, a 13 de Outubro de 2023. 

A Base Aérea de Muwaffaq Salti - Azraq ("قاعدة الشهيد موفق السلطي الجوية - الازرق"), na Jordânia, dista 55 km da fronteira, a Norte, com a Síria, e cerca de 250 km de Beirute, a capital do Líbano. O "494th Expeditionary Fighter Squadron" está baseado em Lakenheath, em Suffolk, Inglaterra, uma base da "Royal Air Force" usada exclusivamente por meios dos Estados Unidos.

No F-15 à esquerda na foto, 91-0335 (c/n 1242/E200), podemos observar, na posição central sob a fuselagem, um "pod" de radar Northrop Grumman AN/ASQ-236 "Dragon's Eye" ("Olho de Dragão") - uma plataforma de radar AESA que incorporta módulos de transmissão e recepção (TR) e plataforma electrónica de gestão destinada a permitir a detecção de objectivos, e o mapeamento geo-referenciado e dinâmico de ameaças e oportunidades.

Podemos ainda observar neste mesmo F-15, à esquerda do "Dragon's Eye", um "pod" de gestão de alvos Lockheed Martin AN/AAQ-33 "Sniper" ATP ("Advanced Targeting Pod"), dotado de sensores electro-ópticos de alta-definição, FLIR ("Forward-Looking InfraRed"), apontador laser, registo de vídeo e metadados, e sistema integrado de identificação e seguimento de alvos aéreos e de superfície.

Os dois F-15 na foto estão equipados com 4 depósitos exteriores de combustível (2 sob as asas e 2 sob a fuselagem) - sendo que o F-15 E à direita na foto possui um quinto depósito - na mesma posição central em que o anterior está equipado com o pod "Dragon's Eye".

Em Agosto de 2023, ref. https://espada-e-escudo.blogspot.com/2023/09/f-35-americanos-na-jordania-e-nos.html , os EUA deslocaram para esta mesma base um efectivo de 12 aeronaves F-35A Lightning II do "421st Fighter Squadron", "Black Windows" ("Viúvas Negras") e, a partir daqui, com destacamento ou rotação parcial para a Base Aérea de Al Dhafra, Emirados Árabes Unidos.

O F-15E "Strike Eagle", uma plaforma originalmente ao serviço desde 1988, e com versões posteriores actualizadas e melhoradas, é um avião de ataque multi-propósito, tripulado por dois elementos (piloto e especialista de sistemas de armas), propulsionado por duas turbinas Pratt & Whitney, capaz de uma velocidade máxima de Mach 2,5 , com um alcance de combate de 1 272 km (em trânsito de 3 900 km com depósitos exteriores suplementares). Com 19,5 metros de comprimento e uma envergadura de asa de 13 metros, tem um peso máximo à descolagem de 36 toneladas. Está armado com um canhão de 6 canos rotativos de 20mm, M61A1, com 500 munições, e pode receber até 10 toneladas de armamento (bombas guiadas, mísseis ar-ar e ar-superfície) e equipamento nos pontos de fixação exteriores.

Foto via USAFCENT ("United States Air Forces Central")

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas