EXERCÍCIO "ESCORPIÃO VERMELHO" COM BLINDADOS 8X8 PORTUGUESES E ROMENOS


Cincu, Transilvânia, Roménia
Outubro de 2023

Viaturas blindadas de rodas Pandur II 8x8, com rede de camuflagem, do Exército de Portugal, da Companhia de Atiradores Mecanizada (CAtMec) afecta à 3.ª Força Nacional Destacada na Roménia (3FND/ROU), em manobra junto de uma viatura 8x8 MOWAG Piranha III (12E72) do Exército da Roménia, no decurso do exercício "Red Scorpion", no Centro de Treino de "Getica" em Cincu, na Transilvânia, Roménia, em Outubro de 2023. Cincu dista 280 km da fronteira do rio Danúbio, a Leste, com a Ucrânia.

Participaram neste exercício, em contexto NATO e no âmbito das respectivas "enhanced Vigilance Activities", forças da Bélgica, de França, da Macedónia do Norte, da Polónia, de Portugal e da Roménia. O nome do exerício, "Red Scorpion" ("Escorpião Vermelho"), decorre da alcunha ("Scorpionii Roșii") atribuída ao 26.º Batalhão de Infantaria "Neagoe Basarab" do Exército Romeno aquando da sua passagem pelo Teatro de Operações de Angola em 1996, sob o âmbito UNAVEM III ("United Nations Angola Verification Mission").

Ao serviço do Exército Português desde 2009, a Pandur II 8x8 é uma viatura blindada de rodas, construída pela GDELS-Steyr (Aústria), com um nível 3 de protecção STANAG, com um peso de 18 toneladas, uma velocidade máxima de 105 km/h. Com uma guarnição de 1 a 2 elementos, podendo transportar até 10 militares equipados, está armada com uma metralhadora pesada de calibre 12,7mm (aqui presente), ou, em variante, com uma metralhadora de calibre 7,62mm ou um lança-granadas automático de 40mm.

A Piranha III 8x8, ao serviço do Exército da Roménia desde 2007, é uma viatura blindada anfíbia de rodas, concebida pela suíça MOWAG, com um peso de 18,5 toneladas e uma velocidade máxima de 100 km/h. Com uma guarnição de 3 elementos pode transportar até 7 militares equipados. Está armada com metralhadora pesada 12,7mm (em plataforma de operação remota da israelita Elbit).

A 3FND CAtMec/ROU, sob comando do Major Ivo Rodrigues Pereira, é composta por elementos provenientes de várias Unidades do Exército, da Marinha e da Força Aérea, com um total de 200 militares. Esta força iniciou operações a 25 de Maio de 2023 numa missão que se estenderá por 6 meses, até Novembro de 2023, no âmbito das "enhanced Vigilance Activities" da NATO para aquele flanco leste da Europa - que faz fronteira, a Norte e a Leste, ao longo de 649 km com a Ucrânia

Esta Companhia de Atiradores Mecanizada (CAtMec) é constituída por um destacamento de apoio, um módulo conjunto de informações, um módulo de defesa antiaérea e um módulo geográfico, geológico e oceanográfico. Conta ainda com uma força de operações especiais (4FND OEsp/ROU) composta por 21 militares preparados pelo Centro de Tropas de Operações Especiais (CTOE).

Foto via Forças Armadas Portuguesas

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"