F-16 DE ISRAEL ARMADO COM 4 BOMBAS GUIADAS JDAM GBU-31


Israel
19 Outubro de 2023

Um F-16 I "Sufa" (891) da 107.ª Esquadra "Cavaleiros da Cauda Laranja" da Força Aérea de Israel, armado com 4 bombas guiadas JDAM GBU-31 Mark 84 de 900 kg ( 2 000 libras) e com 2 mísseis ar-ar Phyton 5, guiados por infra-vermelho, em saída para acção de combate, a partir de Israel, a 19 de Outubro de 2023. Nas extremidades das asas estão CATM-120 (modelos inertes do AIM-120 AMRAAM) destinados aqui apenas a manter um perfil de elasticidade e aerodinamismo com vibração reduzida da asa.

Este modelo do F-16, "Sufa" ("Tempestade"), corresponde uma variante modificada com requisitos e equipamentos de Israel, a partir da plataforma base do F-16 D (Block 50 e 52), especialmente vocacionada para ataque ao solo. O F-16 I tem uma arquitectura bilugar com um piloto e um especialista de sistemas de armas, tendo as primeiras unidades entrado ao serviço da Força Aérea de Israel em 2004. Recebeu, entre outros melhoramentos, novos aviónicos e sistemas de contra-medidas (com alteração da secção superior da fuselagem para os receber) e uma nova arquitectura e dimensionamento de depósitos adicionais de combustível.

A JDAM GBU-31, que tem suportado muitos dos ataques referenciados por Israel, desde 7 de Outubro de 2023, sobre o Teatro de Operações da Faixa de Gaza, trata-se de uma bomba convencional Mk. 84 à qual é aplicado um "kit" JDAM ("Joint Direct Attack Munition") para transformação em bomba guiada GBU ("Guided Bomb Unit") 31. O "kit" JDAM, desenvolvido pela Boeing em colaboração com a Força Aérea e o Exército dos Estados Unidos (e ao serviço desde 1999), acrescenta uma estrutura de cauda com aletas que, incluindo equipamento de navegação por inércia e por GPS, permitem a sua libertação até 28 km do alvo e conseguem uma precisão de 5 metros.

Esta bomba Mark 84 contém uma carga de 428 kg de alto-explosivo Tritonal (um mistura de 80% de TNT e 20% de alumínio em pó), no interior de um invólucro de aço (com 3,84 metros de comprimento e 46 cm de diâmetro), podendo penetrar 3,4 metros de betão. Está equipada com uma ponta sólida MXU-735 (em lugar da ogival) destinada a garantir controlo de detonação após penetração de alvos edificados ou fortificados.

Foto via Força Aérea de Israel

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"