TREINO DA FORÇA DE OPERAÇÕES ESPECIAIS PORTUGUESA NA ROMÉNIA


Târgu Mureș, Roménia
Agosto de 2023

Treino de "Breaching and Demolition" por parte de militares da Força de Operações Especiais do Exército Português (preparados em Lamego pelo Centro de Tropas de Operações Especiais do Exército, CTOE), afectos à 4.ª Força Nacional Destacada de Operações Especiais na Roménia (4FND OEsp/ROU), em Agosto de 2023, nas instalações da Unidade Militar "01010" ("Unitatea Militară 01010"), na cidade de Târgu Mureș, na Roménia, geo-referenciação 46.53593472123383, 24.542539262771854 , ref. https://goo.gl/maps/eo2uaYFQeYgKcCAc8 , e em instalações afectas ao Comando das Forças de Operações Especiais da Roménia ("Comandamentul Forțelor pentru Operații Speciale"), designado antes, até 25 de Outubro de 2018, por 6.ª Brigada de Operações Especiais ("Brigada 6 Operații Speciale ") "Mihai Viteazul".
Os militares portugueses surgem aqui armados com espingarda automática Heckler & Koch HK416 (A5), em calibre 5.56×45mm NATO, equipada com mira óptica "red dot" 1x25mm Trijicon MRO ("Miniature Rifle Optic"), com iluminador apontador laser L3 Harris MIPIM ("Mini Integrated Pointing Illumination Module") AN/PEQ-16B, e com supressor de som "Brügger & Thomet Feintechnik" (B&T) Rotex V. Podemos ainda observar numa das passagens do vídeo, em funda de transporte dorsal, uma caçadeira Fabarm STF/12 "Short" FE, calibre 12.




A presença militar portuguesa na Roménia conta actualmente com uma Companhia de Atiradores Mecanizada de Rodas do Exército Português, da 3ª Força Nacional Destacada na Roménia (3FND CAtMec/ROU), no âmbito das "enhanced Vigilance Activities" da NATO para aquele flanco leste da Europa - que faz fronteira, a Norte e a Leste, ao longo de 649 km com a Ucrânia. A 3FND CAtMec/ROU, sob comando do Major Ivo Rodrigues Pereira, é composta por elementos provenientes de várias Unidades do Exército, da Marinha e da Força Aérea, com um total de 200 militares. Esta força iniciou operações a 25 de Maio de 2023 numa missão que se estenderá por 6 meses, até Novembro de 2023.
Esta Companhia de Atiradores Mecanizada é constituída por um destacamento de apoio, um módulo conjunto de informações, um módulo de defesa antiaérea e um módulo geográfico, geológico e oceanográfico. Conta ainda com uma força de operações especiais (4FND OEsp/ROU) composta por 21 militares preparados pelo Centro de Tropas de Operações Especiais (CTOE).
Vídeo via Forças Armadas Portuguesas


Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas