NOVA ARMA INDIVIDUAL DAS FORÇAS DE OPERAÇÕES ESPECIAIS BRITÂNICAS


Fevereiro de 2023
Noruega

Um militar do "Surveillance and Reconnaissance Squadron" (SRS) dos "Royal Marines" da "Royal Navy" do Reino Unido em exercícios na Noruega, em Fevereiro de 2023, equipado com luvas da "Mountain Equipment" e armado com espingarda automática Knight’s Armament Company (KAC) KS-1, designação britânica L403A1, cano de 35 cm, calibre 5.56×45mm NATO, com mira óptica Vortex Razor HD 1-10x24mm, com "red dot" Aimpoint ACRO P-2 instalado no topo da mesma (para uso a curta distância), e supressor de som Knight’s Armament QDC/MCQ-PRT.

Trata-se da nova arma individual dos militares das forças de operações especiais do Reino Unido, sob o programa "Project Hunter" para a selecção da "Alternative Individual Weapon" (AIW), e compreende, em resultado do concurso lançado em Agosto de 2021, uma encomenda inicial de 1 620 unidades da KS-1 (Knight’s Stoner), plataforma SR-16 da KAC, no valor de 17 milhões de Euros (15 milhões de Libras), com possibilidade de alcançar as 10 000 unidades na próxima década, num contrato com um valor global de 105 milhões de EUR (90 milhões de Libras). Esta nova arma vem substituir as plataformas SA80/L85 e Colt Canada L119 afectas aos "Rangers" e "Royal Marines Commmando". Além da espingarda "per se", o conjunto contratado compreende um "package" integrando ópticas Vortex e Ampoint e silenciador Knight’s Armament.

A Knight's Armament Company é uma empresa norte-americana fundada em 1982, detida por C. Reed Knight (Jr.) e com sede em Titusville, no estado norte-americano da Florida. Conta no seu portfolio, entre outras, com várias contratações por parte do "United States Special Operations Command" (USSOCOM).

Foto via "UK Commando Force Operations" 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"