COMBATES DE RUA NA OFENSIVA DO TET


Hue, Vietnam
2 de Abril de 1968

Um militar do Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos (USMC) dispara a sua metralhadora M60, alimentada por fita, durante a ofensiva do Tet, na cidade de Hue (Huế), a Norte de Da Nang, na região central do Vietnam, a 2 de Abril de 1968. O edifício em segundo plano é o Hotel Saigon Morin, estando os fuzileiros norte-americanos a abrir fogo, através da Rua Ly Thuong Kiet, visando o edifício do Tesouro.

Desenhada em inícios da década de 1950 e ao serviço dos EUA desde 1957, a M60 é uma metralhadora em calibre 7.62×51mm, municiada por fita de elos M13 desintegráveis. Tem uma massa total de 10,5 kg, com um comprimento de 110 cm. Consegue uma cadência de fogo de 550 a 650 disparos por minuto com uma velocidade à saída do cano de 853 m/s, com um alcance efectivo de 1 100 metros (máximo de 3 725 metros).

A ofensiva do Tet, no decurso da Guerra do Vietnam, correspondeu a um ataque, em 3 fases, lançado pela forças norte-vietnamitas e Viet Cong ("Việt Cộng") contra as forças sul-vietnamitas e norte-americanas, entre Janeiro e Setembro de 1968. A designação "Tet" decorre da designação "Tết Nguyên Đán" atribuída ao primeiro dia do ano no calendário lunar usado tradicionalmente no Vietnam, e que correspondeu ao início desta ofensiva. A cidade de Hue (antiga cidade imperial), bem como, a cerca de 100 km a Noroeste, a Base de Khe Sahn (que ficou cercada), foram as que registaram os confrontos mais intensos e persistentes desta ofensiva.

As Forças dos EUA combateram neste Teatro de Operações durante 19 anos, tendo retirado do mesmo em Abril de 1975. Sofreram cerca de 60 000 mortos e mais de 300 000 feridos. As vítimas mortais entre a população civil do Vietname, do Cambodja e do Laos situaram-se, nas estimativas mais conservadoras, acima de 1 milhão e 300 mil (ou acima de 3 milhões e 400 mil, em outras).

Foto via Bettmann Archive (Pennsylvania, USA)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas