"SHERPA" DA POLÍCIA FRANCESA EM ACÇÃO ANTI-MOTIM


Nanterre, Paris, França
29-30 de Junho de 2023

Carga com apoio de viatura táctica blindada Arquus Sherpa Light, 4x4, de 11 toneladas, da BRI, "Brigade de Recherche et d'Intervention" ("Brigada de Busca e Intervenção"), da Polícia Nacional Francesa, em Nanterre, Paris, França, na noite de 29 para 30 de Junho de 2023. Estes confrontos têm lugar na Rue des Fontenelles, geo-referenciação 48.88613250930607, 2.2197264213765435 , ref. https://goo.gl/maps/gnuTqAAuGuhhp5FS7 , na retaguarda do posto de abastecimento de combustível da BP, do n.º 265 da Avenue Georges Clemenceau e junto ao Collège Evariste Galois (uma escola pública, do 6.º ao 9.º ano de escolaridade, cujas sebes podemos ver em chamas). Este ponto da cidade dista cerca de 1 400 metros do Arco de La Défense.
A BRI foi formada a 22 de Setembro de 1964 sendo parte da Polícia Nacional Francesa. É comandada actualmente, e desde 2021, por Simon Riondet. Está articulada, de forma independente em várias unidades (nacionais e regionais).





Esta intervenção das forças de segurança da República Francesa, num contexto alargado que envolveu nesta noite 40 000 efectivos, dá-se na sequência de motins (envolvendo saque e destruição de lojas, ataque às forças de segurança com recurso a engenhos pirotécnicos e cocktails "Molotov", barricadas de estrada com recurso a viaturas incendiadas). Estes motins tiveram lugar após a morte de Nahel Merzouk, um francês de 17 anos, baleado por um elemento da Polícia Francesa, após desobedecer a uma operação "stop" em Nanterre, um subúrbio da cidade de Paris, cerca das 08:19 de 27 de Junho de 2023.
Nahel Merzouk conduzia, sem idade ou habilitação legal, uma viatura Mercedes Classe A, AMG (Type 177), com placas de matrícula polacas e transportando 2 passageiros. Após ter sido identificado em excesso de velocidade numa faixa de "bus" por dois policias franceses em patrulha moto, a viatura foi levada a interromper a sua marcha, nas proximidades da Praça Nelson Mandela em Nanterre, e, durante a interpelação com os dois policias, já apeados das suas motos e debruçados sobre a janela da viatura, Nahel Merzouk optou por retomar a marcha do Mercedes Classe A AMG, momento em que foi baleado por um dos agentes que empunhava já a sua pistola. Este agente está indiciado por homícidio voluntário encontrando-se sob prisão preventiva, em isolamento, no estabelecimento de La Santé, em Paris.

Vídeo por Clément Lanot


Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas