"FIGUEIRA DA FOZ" EM MISSÃO NA LITUÂNIA


Klaipėda, Lituânia 31 de Maio de 2023

O NRP "Figueira da Foz", Navio Patrulha Oceânico (NPO) da classe "Viana do Castelo" da Marinha Portuguesa, sob âmbito NATO "Assurance Meausures", aproximando-se, com Smiltynė em segundo plano, da Base Naval de Klaipėda, a 31 de Maio de 2023. Esta é a terceira maior cidade da Lituânia e o seu porto de mar de referência, distando cerca de 50 km da fronteira, a Sul, com a província da Federação Russa de Kaliningrad ("Калининград").
O navio português, sob comando do Capitão-tenente Flávio Pereira Eusébio, foi recebido na Base Naval de Klaipėda pelo Comandante Andrius Širvys. Estará aqui envolvido, de 5 a 11 de Junho de 2023, no exercício "Storm Strike" onde executará missões com as Forças Armadas da Lituânia em âmbito de apoio a manobras anfíbias e apoio a operações de luta anti-minas. Estará ainda envolvido em articulação com a Força de Fuzileiros (FFZ LTU) da Marinha Portuguesa ali destacada desde 22 de Março de 2023. Esta força, constituída por 146 militares, compreende na sua maioria militares da Força de Fuzileiros N.º1, reforçada com elementos dos Mergulhadores e de Operações Especiais, cuja "Special Operation Maritime Task Unit" (SOMTU) emana do Destacamento de Ações Especiais (DAE). Desde 2018 que Portugal mantém, em âmbito NATO "Assurance Meausures", um Força de Fuzileiros na Lituânia.
O NRP "Figueira da Foz" (P361), construído pela West Sea / Estaleiros Navais de Viana do Castelo, ao serviço da Marinha Portuguesa desde 2013, desloca 1 750 toneladas, com um comprimento de 83,10 metros, um boca de 12,95 metros e um calado de 3,82 metros. Consegue uma velocidade máxima de 21 nós, com um alcance de 4 859 milhas náuticas (a 15 nós). Estão armados com uma peça Oto Melara Marlin-WS, de 30 mm, 2 metralhadoras pesadas Browning M2 e 2 metralhadoras médias MG3. Contam com uma guarnição de 42 militares (6 oficiais, 9 sargentos, 27 praças). Conta com "deck" com capacidade para receber um helicóptero Westland Lynx Mk95.
Este NPO da Marinha Portuguesa largou a 23 de Maio de 2023 da Base Naval de Lisboa, com uma guarnição de 56 militares, compreendendo uma equipa de 7 mergulhadores com capacidade de inactivação de engenhos explosivos, uma equipa médica e uma equipa de 2 militares operadores de sistemas aéreos não tripulados. Deverá largar de Klaipėda a 16 de Junho de 2023 e estar de regresso a Lisboa a 27 de Junho de 2023.
Foto via Forças Armadas da Lituânia ("Lietuvos Kariuomenė")


Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas