ESPECIALISTAS HOLANDESES DE INACTIVAÇÃO DE EXPLOSIVOS NO BÁLTICO


Báltico
12 de Junho de 2023

Mergulhadores holandeses, especialistas de inactivação de engenhos explosivos submarinos, afectos ao HNLMS Makkum, número de amura M857, caça-minas da Marinha Holandesa ("Koninklijke Marine"), em acção no decurso do exercício "BALTOPS" no Báltico, a 12 de Junho de 2023. O mergulhador à direita na foto, com fato seco "Viking", do fabricante australiano Ansell, com máscara integral "Divator Aga", conta, na sua perna esquerda, com uma faca SQR 50HRC, em liga de titânio, não magnética, ambas do fabricante britânico Northern Diver.

O HNLMS Makkum é um caça-minas da classe Alkmaar da Marinha Holandesa, de 51,5 metros e 543 toneladas, ao serviço desde 1985, com o número de amura M857. Com uma guarnição de 3 dezenas de elementos, consegue uma velocidade máxima de 15 nós (em cruzeiro 12 nós) com um alcance operacional de 5 600 km. Conta com 2 "drones" submarinos PAP ("Poisson Auto-Propulsé") Mk 104 para apoio às suas tarefas de identificação e inactivação de engenhos explosivos submarinos.

A partir de Tallinn, capital da Estónia, iniciou-se, a 4 de Junho de 2023 mais uma edição do exercício "BALTOPS", naquele que é tipicamente o maior exercício naval do Báltico, que irá decorrer até ao dia 16 de Junho de 2023, envolvendo 20 países, com 50 navios, 45 aeronaves e mais de 6 000 militares, naquela que será a sua 52.ª edição (a primeira remonta a 1971).

Foto via Comando Marítimo da NATO

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas