"SAGRES" ESCALA NO FUNCHAL RUMO AO BRASIL


Funchal, Madeira
29 de Julho de 2022

O NRP "Sagres", navio-escola da Marinha Portuguesa, largou a 24 de Julho de 2022, de Lisboa, comandado, desde Setembro de 2021, pelo Capitão-de-fragata Mário António Fonte Domingues, dando início à Viagem de Instrução dos Cadetes do 2º ano da Escola Naval, bem como de alunos do Curso de Formação de Oficiais do Serviço Técnico e ainda convidados de Marinhas de outros países, rumando a Salvador da Baía e, seguidamente, ao Rio de Janeiro, onde irá participar nas Comemorações dos 200 Anos da Independência do Brasil, a 7 de Setembro de 2022.

Entre as Marinhas convidadas a bordo estão elementos da "Algerian Navy Forces", da "U.S. Coast Guard" e da "Armada de Colombia".

Como escala programada, o NRP Sagres esteve no Porto do Funchal, na Região Autónoma da Madeira, de 29 de Julho a 1 de Agosto de 2022. Na foto podemos observar o mesmo a chegar a este Porto, a 29 de Julho de 2022, acompanhado, à ré, do rebocador do alto, "Ponta do Pargo" (FN-858-RA) e, à vante, do rebocador local, "Boqueirão" (FN- 7-RL), ambos afectos à Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira (APRAM).

Largou do Funchal a 1 de Agosto de 2022, rumo a Salvador da Baía, Brasil, onde se projecta chegue a 25 de Agosto de 2022. Daqui partirá para o Rio de Janeiro e, findas as comemorações de 7 de Setembro de 2022, regressa a Lisboa, com escala no Porto do Mindelo, em Cabo Verde. Esta viagem do NRP "Sagres", até 20 de Outubro de 2022, terá uma duração total de 88 dias, dos quais 74 serão passados a navegar, num tempo de navegação de aproximadamente 1 800 horas e uma distância total percorrida de 9 320 milhas náuticas (aproximadamente 17 260 Kms).

O NRP Sagres é um grande veleiro, deslocando 1 893 toneladas, com um comprimento de 89 metros, uma boca de 12 metros e um calado de 5,5 metros. Tem uma guarnição de 9 oficiais, 15 sargentos e 103 praças, e até 63 cadetes.

Foi construído nos estaleiros navais Blohm & Voss, em Hamburgo, na Alemanha, tendo sido lançado à água em 30 de Outubro de 1937 com o nome de Albert Leo Schlageter. No final da 2.ª Guerra Mundial o mesmo foi designado como parte dos despojos de guerra a atribuídos aos Estados Unidos mas acabou cedido por estes à Marinha do Brasil, junto da qual, em 1961, teria lugar a aquisição pela Marinha Portuguesa, entrando ao serviço da mesma a 30 de Janeiro de 1962. Fará este ano 85 anos, 60 dos quais ao serviço de Portugal.

A Marinha Portuguesa conta actualmente com 4 veleiros ao seu serviço: NRP Sagres, NRP Creoula, NRP Polar e NRP Zarco, desempenhando as funções de Navios-escola e Navios de Treino de Mar.

Foto por José Pêssego

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"