COMANDO DE ARMAMENTO DA "CORTE-REAL" NO BÁLTICO


Báltico, Dinamarca
22 de Agosto de 2022

Operação da consola de comando óptico de um dos sistemas de armamento da fragata NRP Corte-Real (F332) da Marinha Portuguesa, ao serviço do "NATO Maritime Group 1 (SNMG1)", em exercícios de fogo-real, no Mar Báltico, ao largo da Dinamarca, a 22 de Agosto de 2022.

Estes exercícios decorrem em conjunto com o navio multi-funções para operações anfíbias HNLMS Karel Doorman (A833), com 204,7 metros e deslocando 27 800 toneladas, afecto à Marinha Holandesa desde 2015; e com a fragata HNoMS Roald Amundsen (F311), com 134 metros e deslocando 5 290 toneladas, ao serviço da Marinha Norueguesa desde 2007.

A fragata NRP Corte-Real (F332), sob comando do capitão-de-fragata Luís Carmo Falcato e com 176 militares embarcados, incluindo duas equipas constituídas por militares fuzileiros, uma equipa de mergulhadores e um médico naval, largou da Base Naval de Lisboa a 25 de Maio de 2022, e integra assim a Força Naval Permanente da NATO n.º 1 ("Standing NATO Maritime Group 1", SNMG1), onde se manterá até 16 de Setembro de 2022, operando no Mar Báltico, no Mar do Norte e no Atlântico Norte.

O NRP Corte-Real é um navio escolta oceânico com polivalência em sistemas de comando, controlo e comunicações, armas e sensores, de grande versatilidade de emprego. Foi construído em 1991, nos estaleiros da Howaldtswerke-Deutsche Werft, HDW (em Kiel, junto ao mar Báltico, na Alemanha), tendo sido o terceiro navio da classe Vasco da Gama. Entrou ao serviço da Marinha Portuguesa a 22 de Novembro de 1991.

Tem um comprimento de 115,9m, uma boca máxima de 14,2m, deslocando 3 200 toneladas, com uma velocidade máxima de 20 nós na variante de propulsão diesel. Está armado com um peça de artilharia Creusot-Loire de 100mm; com 2x4 mísseis Sea Sparrow (curto alcance de defesa antiaérea); com 2x4 mísseis Harpoon (longo alcance, anti-navio); com 2x3 reparos de tubos lança torpedos MK46; com sistema de defesa antimíssil e superfície, "Close-In Weapons System", CIWS Phalanx, assente num canhão M61 Vulcan 20 mm com 6 canos rotativos; com metralhadoras pesadas de 12,7 mm; e (organicamente) com um helicóptero Westland Lynx Mk95.

Foto via "NATO Maritime Group 1 (SNMG1)" 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"