EXERCÍCIO DE CONTRA-TERRORISMO EM ROTERDÃO


Roterdão, Holanda
Abril de 2023

Parte do Corpo de Fuzileiros ("Korps Mariniers") da Holanda, um operacional do "M-Squadron" das Forças de Operações Especiais Marítimas da Holanda ("Netherlands Maritime Special Operations Forces" NLMARSOF | MARSOF) em treino de contra-terrorismo, na plataforma petrolífera Paragon C20052, no Porto de Roterdão, na Holanda, no âmbito do exercício anual "Port Defender", em finais de Abril de 2023.

O operacional holandês, equipado com sistema de visão nocturna L3Harris AN/PVS-31 em montagem sobre o seu capacete, está aqui armado com uma espingarda automática Heckler & Koch HK 416 (A5) em calibre 5.56×45mm NATO, equipada com mira óptica Aimpoint CompM4 e com iluminador-apontador laser L3Harris (ATPIAL) AN/PEQ-15.

Esta HK 416 está aqui equipada para operar com munições não letais "FX Simunition", da General Dynamics - Ordnance and Tactical Systems (OTS) Canada, disponíveis em calibre 9mm, .38 e 5,56mm, que permitem a operação regular em plataformas de tiro (armas curtas e armas longas standard com "kit" de adaptação amovível deste fabricante), bem como a marcação colorida dos impactos, mas não envolvem energia letal - ou seja conseguem reproduzir, num cenário de combate a curta distância, urbano, a balística exterior mas não terminal das munições em causa.

Formada a 8 de Julho de 2013, a (NL)MARSOF resulta da fusão das especialidades de mergulhadores de combate, contra-terrorismo e montanhismo. É composta por três sub-unidades: o "M-Squadron" (especializado em contra-terrorismo de âmbito nacional, actuando sob a tutela do "Serviço de Intervenção Especial" - "Dienst Speciale Interventies", DSI); o "C-Squadron" (especializado em missões internacionais); e o "T-Squadron" (especializado no recrutamento, selecção, instrução e treino).

Foto por Derk Zwaan via "Mariniersmuseum" (Museu do Corpo de Fuzileiros da Holanda)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas