MILITARES UCRANIANOS EM FORMAÇÃO NO REINO UNIDO


Reino Unido
1 de Julho de 2022

O Ministério da Defesa do Reino Unido tem em curso um programa de formação que irá receber, ao longo dos próximos meses, até 10 000 militares das Forças Armadas Ucranianas, com o apoio de 1 050 elementos do Exército Britânico, em centros de instrução no Noroeste, Sudoeste e Sudeste do Reino Unido. Nestes mesmos centros receberão formação em uso de armas ligeiras, primeiros socorros, sobrevivência no campo, tácticas de patrulha e princípios de combate armado.

Por forma a garantir a familiaridade neste programa de formação com o mesmo equipamento que irão usar em campo, na Ucrânia, o Ministério da Defesa do Reino Unido obteve, preparou e testou antecipadamente 2 400 espingardas automáticas AK. Cada curso deste programa terá a duração de várias semanas, sendo conduzido sob a égide da "11th Security Force Assistance Brigade", actualmente sob comando do Brigadeiro Benjamin J. Cattermole, uma unidade do Exército Britânico, que remonta a 1914, e especializada, precisamente, em acções de formação a forças estrangeiras.

Os militares ucranianos irão receber durante a formação, e transportar posteriormente consigo no regresso para a Ucrânia, equipamento de protecção individual (capacetes, coletes balísticos, protecção para olhos e ouvidos, "kits" individuais de primeiros socorros), vestuário e calçado (em variantes de Verão e de Inverno), mochilas, sacos cama e ferramentas para abertura de trincheiras.

De notar que o Reino Unido tem um longo historial de formação já prestada às Forças Armadas da Ucrânia tendo, entre 2015 e 2022, dado instrução a um acumulado de 22 000 operacionais (Operação "ORBITAL"). O actual programa está já a decorrer desde finais de Junho, tendo o próprio Ministro da Defesa britânico, Ben Wallance, visitado as acções em curso no dia 1 de Julho de 2022.

Foto por Matt Allen via Ministério da Defesa do Reino Unido 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

KA-52 NO ASSALTO AO AEROPORTO "ANTONOV"