ANFÍBIO JAPONÊS EM EXERCÍCIOS


Ilha de Tinian, Oceano Pacífico
14 de Fevereiro de 2022

No âmbito do exercício anual "Cope North", envolvendo, de 2 a 18 de Fevereiro de 2022, forças dos Estados Unidos, da Austrália e do Japão, temos uma aeronave anfíbia ShinMaywa US-2, das forças Japonesas, a flutuar junto à Ilha de Tinian, no Oceano Pacífico, a 14 de Fevereiro de 2022. Parte da Comunidade das Ilhas Marianas Setentrionais (descobertas por Fernão de Magalhães em 1521), a Ilha de Tinian, localiza-se a cerca de 180 km a Noroeste da Base de Andersen, da Força Aérea dos Estados Unidos, em Guam.

O ShinMaywa US-2 está ao serviço desde 30 de Março de 2007, existindo, até Novembro de 2018, 6 unidades construídas e afectas à Força Marítima de Autodefesa do Japão ("Japan Maritime Self-Defense Force", JMSDF; "海上自衛隊, 海自"), alocadas às bases de Iwakuni e de Atsugi.

Trata-se de uma aeronave anfíbia, afecta às funções de busca e salvamento ("Search And Rescue", SAR), com uma tripulação de 11 elementos (2 pilotos, 1 coordenador de busca-e-salvamento, 2 responsáveis de manutenção, 3 mergulhadores, 2 paramédicos e operador de sensores) e com capacidade para 20 passageiros ou 12 macas. Tem um comprimento de 33,46 metros, uma envergadura de 33,15 metros e uma altura de 9,8 metros. Tem um peso em vazio de 25 630 kg e um peso máximo à descolagem de 47 700 kg. É propulsionada por 4 motores turbo-hélice Rolls-Royce AE 2100J, de 4 592 hp cada, com hélices de 6 pás Dowty R414, que lhe permitem alcançar uma velocidade máxima de 560 km/h (cruzeiro de 480 km/h), com um alcance de 4 700 km e uma altitude máxima de 23 606 pés (7 195 metros).

O ShinMaywa US-2 consegue aterrar no mar mesmo perante ondulação até 3 metros, precisando, em terra, de 490 metros para descolar e de 1 500 metros para aterrar; e, no mar, de 280 metros para descolar e de 330 metros para aterrar. A sua capacidade de usar o mar como ponto de aterragem ou descolagem, é uma mais valia face à inexistência de pistas em determinado destino, ou face a cenários de destruição total ou parcial das existentes.

Foto por Joseph Leveille | U.S. Air Force

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas