SUBMARINO DE ISRAEL JUNTO A PLATAFORMA "OFFSHORE"


Mediterrâneo, Haifa, Israel
16 de Setembro de 2021

À direita na foto, um submarino da classe Dolphin II das Forças de Defesa de Israel, equipado com um módulo de doca seca (DDS, "Dry Dock Shelter") destinado a suportar a operação de Forças Especiais, junto a uma plataforma "offshore", operada pela Noble Energy (Chevron, EUA), no campo de gás natural de Leviathan no Mar Mediterrâneo, a cerca de 130 km a Oeste de Haifa (geo-referenciação: 33.16950231525726, 33.61756532925423), a 1 de Setembro de 2021.

Os submarinos da classe Dolphin II, construídos pela Howaldtswerke-Deutsche Werft (Kiel, Báltico, Alemanha), de propulsão diesel-eléctrica, têm 68,6 metros de comprimento e 6,8 metros de boca, deslocando 2 400 toneladas quando submersos. Com 35 tripulantes (e podendo transportar 10 operacionais equipados das Forças Especiais), estão equipado com 6 tubos lança torpedos de 533 mm e com 4 tubos de 650 mm. Foram construídas 3 unidades desta classe: Tanin (2012), Rahav (2013) e Drakon (2017).

O navio à esquerda na foto, junto à plataforma, é o "VOS PRINCESS" (IMO 9720732 | MMSI 236674000), de 3 827 toneladas, com 80 metros de comprimento e 18 metros de boca, construído em 2016 pela Fujian (China) e detido pela PSV Express VI BV (Holanda). Trata-se de um navio especialmente desenhado, pela Khiam Chuan Marine (KCM), para operações de abastecimento e suporte a plataformas "offshore".

Este registo fotográfico é produzido a partir da corveta INS "Atzmaut" ("עצמאות", "Independência"), um navio da classe Sa'ar 6, de construção alemã, de 1 900 toneladas, lançada à água em 2019 e ao serviço da Marinha de Israel desde 2021.

Foto por Ariel Schalit | AP - Associated Press

Comentários

Mensagens populares deste blogue

SUBMARINO ESPANHOL DISPARA TORPEDOS DE ENSAIO

"DRONE" DE FABRICO PORTUGUÊS NA UCRÂNIA

Formação de 6 navios da Marinha da Federação Russa acompanhados por meios aeronavais da Marinha e Força Aérea Portuguesas